segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

Telejornal SIC e TVI

Os nossos jornais estão mesmo muito mal.
As notícias são repetidas de dia para dia e são nos mostradas até à exaustão. Chegou-se ao ponto de não haver jornalismo, mas sim sensacionalismo. Até temos bons jornalistas e não colocamos isso em dúvida, pois este oferece não aquilo em que acredita mas aquilo que “acha” que o povo quer receber. O jornalismo sensacionalista parte de uma concepção de desprezo pelo público, levando o público na teia do fútil e do inútil.
Hoje em dia os telejornais tentam não abrir as emissões de forma igual à dos outros concorrentes. A Segurança é a prioridade de alguns, outros são o desporto e para outros é até assuntos sem interesse algum. Sendo que estão mais preocupados com a apresentação.
A SIC no contexto das suas edições predomina o tema Segurança Nacional, os temas que se seguem variam.
Quanto à TVI, observa-se que privilegia as notícias sobre o tema Segurança Nacional, seguido do tema Justiça Nacional.
Na nossa opinião, o telejornal da TVI é mais supérfluo.

· Não será um pouco ridículo os canais SIC e TVI, dois dos três canais generalistas terem uma emissão em directo ao mesmo tempo?

· O que é melhor? Ver na SIC porque a imagem é melhor ou menos chocante aos olhos das pessoas, ou ver por outro lado na TVI, uma informação mais excessiva e mais chocante?

· Não seria o ideal no telejornal ter um serviço mais diversificado?


Helder
Milene
Susana

5 comentários:

Catarina Nascimento disse...

Concordo plenamente. Muitas das vezes não vejo mais o noticiário porque custa-me ligar a Tv. e ver sempre as mesmas notícias. Ou há-de de ser a crise ou o desporto ou guerras. Para mim um dos melhores noticiários é o da RTP1,tento sempre ver. À profissionalismo e tentam dar uma ordem lógica das noticias.

Susana Seita disse...

Hoje em dia evito por completo ver o telejornal da SIC e TVI, porém assito o da RTP1. A SIC e a TVI são canais de comunicação que abrangem o tipo de notícias chocantes, exaustivas, repetitivas e apelativas demais para o publico, chegando a um ponto de perder a sua originalidade. Enquanto que o telejornal da RTP1 transmite noticias que marcam a actualidade nacional e mundial, desde a politica, a economia, a sociedade e ainda o desporto. Na minha opinião o telejornal da RTP1 está bem estruturado, mostrando profissionalismo quer no jornalista quer nas noticias apresentadas, e ainda respeito pela verdade da informação.

Anafinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anafinha disse...

Eu não posso concordar com tudo. Em primeiro lugar acho vergonhoso que noticias sobre futebol ocupem 1/4 do tempo de um noticiário televisivo. Esse é o maior sinal do "jornalismo de massas".
No entanto tanto o texto como os comentários lembram-me a mitica frase "Isto só neste país".
Comparando o noticiario da Sic ou da Tvi a alguns noticiarios brasileiros ou norte-americanos (por exemplo, falo na minha experiencia, decerto existirão muitos mais exemplos)onde qualquer coisa é noticia, os nossos mostram qualidade.
É claro que há muito sencionalismo mas é compreensivel. O objectivo de cada emissora é fazer dinheiro, dinheiro esse que fará se tiver espectadores. Com esse objectivo é de esperar que utilizem as ferramentas que têm para atrair espectadores. A Rtp tem mais liberdade, sendo do estado nao sofre a mesma pressão das audiências (no entanto é claro que o seu objectivo é o mesmo, muda a pressão). Os programas mudarão quando a mentalidade das pessoas que os vêm mudarem também. Não podemos culpar so os programas em si, culpemos os espectadores que em ultima analise sao quem escolhem os programas que passam na telivisão.

A

Gabriela Borges disse...

ótimo exemplo que vocês publicaram. dá para perceber a diferença no tratamento da notícia.